sexta-feira, 30 de abril de 2010

no mundo dos táxis (III)

«Eu - Bom dia, era para a Avenida de Berna, por favor.
Taxista - Com certeza. Tem algum destino preferido?
Eu - Aquele que me levar mais depressa porque já estou atrasado e esta greve não ajuda em nada.

(...)

Taxista (a gritar) - VAI À MERDA! SAI-ME DA FRENTE, CABRÃO!

(marlon fica apavorado)

Eu - Erm... está tudo bem?
Taxista - Tenho sérios problemas com o tráfego.
Eu - Pois.
Taxista - Desculpe, mas sabe, fico mesmo irritado com bichas.
Eu (rindo-me entre os dentes) - Depende das bichas.
Taxista - Ai, eu odeio-as todas! Sejam elas grandes, pequenas. É que por causa delas atraso-me e não consigo ir para o outro lado.
Eu (soltando uma gargalhada) - Pois, é o problema de muita gente. Não consegue ir para o outro lado. E as bichas às vezes são tramadas com isso.
Taxista - Vê? Concorda comigo. Há uns tempos fiquei parado 3 horas numa bicha enorme!
Eu (rindo-se bastante) - 3 horas? Epá, isso é muito! Eu quando demoro 1 hora e tal já digo que começa a ser muito. Não que me queixe, claro!
Taxista - Ah, mas queixo-me eu! Eu tenho mais que fazer da vida...
Eu - ...meter-se noutras bichas?
Taxista - Não, uma chega-me por dia.

(...)

Eu - Adeus, muito obrigado e resto de bom trabalho. E, olhe, cuidado com as bichas que elas às vezes são chatas.
Taxista - Muito obrigado. E eu que o diga!»

4 instantâneas:

Tiago Silva disse...

G-E-N-I-A-L!

Selma disse...

Diálogo fantástico!:) realmente o que a palavra "bicha" pode originar, este português :P a palavra "bicha" e "primas" dá para diálogos fantásticos sem as pessoas se aperceberem :P bjinho

João disse...

O "Cuidado com as bichas que elas às vezes são chatas" matou-me x'D

Following!

Polaroids and Cigarettes. disse...

Obrigado Tiago.

Tens toda a razão Selma.

Oh, gracias João.

Enviar um comentário